HomeNotíciasNotícia selecionada
 NOTÍCIAS
Dia Mundial da Educação: a escola-modelo gratuita que se tornou uma das mais concorridas e respeitadas do país

Alunos têm aulas de modelismo, música, agricultura, educação financeira, inglês e espanhol

São Bernardo do Campo, 28 de abril de 2014 – “A educação é o alicerce para o futuro”, disse Salvador Arena, engenheiro responsável pela criação do Centro Educacional da Fundação Salvador Arena (CEFSA), há 25 anos. No Dia Mundial da Educação, 28 de abril, a instituição também comemora a implantação de um modelo de educação inovador que tem mudado a vida de milhares de crianças e jovens carentes do Grande ABC. Um ensino gratuito de qualidade que faz a diferença na região.

De pequena escola-modelo, dentro de uma das metalúrgicas da região do ABC, o Centro Educacional da Fundação Salvador Arena passou a ser uma das mais concorridas e respeitadas instituições de ensino do Brasil. O modelo de educação intensivo, que busca desenvolver toda a potencialidade do aluno dentro da sala de aula e como cidadão, foi defendido pelo engenheiro Salvador Arena e não acreditado por autoridades da década de 80 que o consideraram algo impossível de ser colocado em prática.

Hoje, quase três décadas depois, a instituição colhe os resultados. Já foram formados mais de 4.400 estudantes e mais da metade deles com ensino superior. O CEFSA abriga o Colégio Termomecanica (CTM), que registrou índice de 77,2% de alunos aprovados em universidades públicas nos vestibulares de 2014. No CTM, os alunos têm aulas de robótica, modelismo, agricultura, música, educação financeira, inglês e espanhol, além das matérias do currículo básico.

Na Faculdade de Tecnologia Termomecanica (FTT), que também faz parte do CEFSA, o conhecimento adquirido pelos universitários é dividido com a população por meio do Núcleo de Formação Cidadã. O projeto foi criado para colocar o estudante em contato com a comunidade utilizando o trabalho voluntário. Uma pesquisa realizada recentemente com ex-alunos revela um índice de 86,2% de empregabilidade nas áreas dos cursos superiores da instituição.

“Uma escola não se resume apenas a uma sala de aula, um bom professor e infraestrutura adequada. A instituição precisa capacitar os alunos com o conhecimento, habilidades e a confiança que precisam para construir um futuro melhor”, ressalta Valcir Shigueru Omori, diretor geral do CEFSA.

“Meu filho se desenvolveu muito nos últimos anos graças à educação e disciplina oferecidas pelo CTM. Ele volta para casa e faz questão de discutir os assuntos abordados em sala de aula e isso é o ponto mais importante. Os alunos estão sendo preparados para lidar com as mais diversas situações que acontecem fora do colégio”, conta Maria Luciene Nobre, mãe de Filipe Nobre de Lima, estudante do último ano do ensino médio no CTM.

“É uma escola diferente de qualquer outra, desde a infraestrutura à atenção dada pelos professores e colaboradores da instituição. A qualidade do ensino é o mais marcante. Isso tudo está fazendo a diferença na minha formação”, diz Guilherme Jaime de Castro, ex-aluno do CTM, recém-aprovado no curso de Medicina da USP, um dos mais concorridos do Brasil.

“O Brasil está carente de educação de qualidade e esta deve ser a nossa principal preocupação. Além de investimentos financeiros, é preciso gente compromissada com a transformação social e com vontade de mudar o mundo”, finaliza Luis Carlos Rabello, diretor executivo da Fundação Salvador Arena, entidade que mantém o Centro Educacional Salvador Arena e que completa 50 anos de existência em 2014.


Sobre a Fundação Salvador Arena

Idealizada e criada em 1964 pelo engenheiro Salvador Arena, empresário do setor metalúrgico e proprietário da Termomecanica São Paulo S. A., a Fundação Salvador Arena é uma instituição civil de finalidade filantrópica, direito privado e sem fins lucrativos que mantém atividades de apoio social voltadas à transformação social e, em especialmente, educação.

Hoje, a Fundação Salvador Arena é administrada por um Conselho Curador, que manteve os projetos originais e vem ampliando os investimentos sociais e educacionais ao longo dos últimos anos. Além de desenvolver projetos próprios, como o Colégio Termomecanica e a Faculdade de Tecnologia Termomecanica, a Fundação implementa programas que visam ao fortalecimento do terceiro setor por meio do apoio a entidades beneficentes, filantrópicas e ONGs e da capacitação de dirigentes e técnicos dessas organizações.

Em 2013, o foco de investimento da Fundação Salvador Arena foi educação, que recebeu o maior volume de recursos, da ordem de R$ 41 milhões, seguido de assistência social, para a qual mais de R$ 6 milhões foram aplicados em iniciativas de desenvolvimento social, comunitário e fortalecimento de organizações do terceiro setor.

A Fundação recebeu, por duas vezes consecutivas, a medalha de bronze no Prêmio Paulista de Qualidade da Gestão – PPQG, na categoria: Instituições sem Fins Lucrativos. O prêmio é concedido para empresas que buscam a excelência na gestão.



Para enviar esta notícia para um(a) amigo(a):
Clique aqui

Fonte: CEFSA
 Data: 28/04/2014

 

 


Voltar

 
Para membros da Comunidade
Learning & Performance Brasil
> Efetuar Login
> Cadastre-se
> Saiba mais
Curta a nossa página no facebook
Siga-nos no twitter

Organização
MicroPower

Promoção
Escola Virtual

e-learning for kids

ABES

ABRH - NACIONAL

ABRH - SP

ADVB

América Economia

bilheteria.com

FNQ - Fundação Nacional da Qualidade

GCSM - Global Council of Sales Marketing

The Winners - Prime Leaders Magazine

Copyright © 2016 - MicroPower®